nasço no outono, em Portugal. é madrugada de uma sexta-feira, dia de Venus, ou do amor. faço-me poeta perante a insuficiência, a aridez, uma certa melancolia — o que não constitui uma distinção. a madrugada é também o lugar em que costumo renascer.

de origem parte do Ribatejo, parte da Beira Baixa, estudo Direito em Lisboa em meio às noites de fado e às danças flamencas. depois, da península ibérica aventuro-me a leste, vivo um tempo em Bucareste, onde estudo Língua e Literatura Romena e Tradução Literária. no virar de 2009 para 2010, atravesso o Atlântico rumo ao sul, para viver no Rio de Janeiro, onde me entrego ao estudo e ao ofício do teatro.

na literatura, traduzo do romeno os romances O regresso do hooligan [ed. ASA, Portugal], de Norman Manea, e Lisboa para sempre [ed. Thesaurus, Brasil], de Mihai Zamfir.

meu primeiro livro, outono azul a sul [ed. Urutau, Portugal & Brasil, dez. 2018], é um roteiro poético de 8 anos de exílio — desejado — no Brasil, tendo como protagonistas o ser desenraizado, e por isso mais atento, o artista traindo o burocrata, o amante que não consegue habitar o amor. é, essencialmente, sobre clandestinidade, sobre estar num lugar de erro — geográfico ou taquicárdico.

pelos olhos da poeta Julia Bicalho Mendes
\ poesia que nos sustenta, RJ, 15:6:19

o outono azul a sul entra na seleção literária das revistas Cult e Quatro Cinco Um, em abril de 2019.

textos meus vêm sendo publicados também nas revistas Palavra Comum [Galiza], InComunidade, Tlön, Flanzine [Portugal], São Paulo Review, Gueto, Mallarmargens, Ruído Manifesto, Plástico Bolha, Literatura & Fechadura, Vício Velho, Totem & Pagu [Brasil], bem como em jornais como o Correio Braziliense.

em 2019, já passeei como autora convidada do Hyderabad Literary Festival [Índia], da Flipoços [Brasil], da Bienal Internacional de Arte de Gaia [Portugal] e do Sesc Palladium no Eixo Culturas Populares  Mês da Língua Portuguesa [Brasil].

/ outono azul a sul tem um prelongamento fotonarrativo no instagram @caliboreaz — recurso dinâmico que complementa o livro com as imagens que o inspiraram e as que seguem precedendo novas escritas — vem \





podemos conversar:
caliboreaz@gmail.com
instagram . facebook . youtube . soundcloud


—> ENCOMENDAR O LIVRO